quarta-feira, abril 29, 2009

FACETAS VIVENCIADAS

Olá, tudo bem? Estou de volta depois de um grande intervalo, desta feita para apresentar alguns fatos interessantes vivenciados por mim, desde a última reunião da CE-SC/IPB. Desculpem a sigla ao lado para quem não sabe é: Comissão Executiva do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil.
Quero trazer para vocês algumas imagens e vídeos sobre estas experiências. Vamos lá!
A reunião da CE-SC/IPB foi a mais tranqüila de todas que já participei. Aconteceu no auditório do prédio Edifício João Calvino da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de 23 a 27 de março. Desta reunião e dos momentos que se sucederam, quero destacar quatro:
1. Visita dos presidentes de Sínodos do Brasil ao Mackenzie Tamboré. Lá a universidade inaugurou o bosque do Sesquicentenário, onde cada presidente de sínodo pode, juntamente com uma criança do Colégio Mackenzie, plantar uma árvore. Ali também foi inaugurado um monumento. Abaixo algumas fotos, na seqüência, que considero importantes. É bom lembrar quem em cada árvore a ser plantada, existia dois balões biodegradáveis; um com 1500 sementes da árvore que seria plantada (verde) e outra com gás (vermelho). Foi um grande espetáculo e uma grande lição de responsabilidade ambiental, para os alunos e também para pastores e presbíteros presentes.

Foto 1: Rev. Marcos André, presidente do Sínodo Agreste Sul de Pernambuco e uma garotinha, aluna do Colégio Mackenzie, antes de plantar uma árvore.
Foto 2: Faixa de boas vindas aos presidentes de sínodos da IPB.
Foto 3: Rev. Roberto Brasileiro, presidente do SC-IPB e o Rev. Marcos André em frente ao marco do Bosque do Sesquicentenário da IPB.

Foto 1: Plantando uma árvore em nome de todo o Sínodo Agreste Sul de Pernambuco.
Foto 2: Placa indicativa e identificativa da árvore plantada.
Foto 3: Balões voando após o plantio da árvore. cada balão continha 1500 sementes da árvore plantada.
2. Culto de Jubilação dos pastores da IPB, ocorrido na noite da quinta-feira, dia 26 de março. Entre aqueles que estavam recebendo a homenagem, o Rev. Irineu Neto, professor no SPN e o Rev. Marcos Lins, presidente da JURET/NNe, que esteve presente a solenidade e foi o pregador da noite. Muitas figuras importantes, tais como autoridades da igreja, representantes do Presbitério de Pernambuco e também, figura como a do Dr. Cláudio Lembo, ex-governador de São Paulo e funcionário do Mackenzie.
Foto 1: Após o culto de Jubilação: Rev. Marcos André e o agora jubilado Rev. Marcos Lins.
Foto 2: Mesa que presidiu a cerimônia de jubilação dos pastores da IPB.
Foto 3: Presbítero Uziel Gueiros, Rev. Ronildo (Aracajú) e o Rev. Valdênio (Presidente do Presbitério de Pernambuco), após o culto de Jubilação do Rev. Marcos
3. Visita ao Cemitério dos Protestantes em São Paulo, onde se encontra enterrado o corpo do Rev. Ashbel Green Simonton. Nesta visita estive acompanhado pelo Rev. José Ernando, ilustre amigo presidente do Sínodo de Garanhuns e também, do historiador e professor Caleb Soares. A visita foi realmente emocionante. A beleza e a limpeza do lugar é algo que chama a atenção. O cemitério é particular, pertence a uma associação. Nele se encontra enterrado o primeiro pastor presbiteriano brasileiro, o Rev. José Manoel da Conceição, além da irmã do próprio Simonton e também, de um dos mais amados e odiados presidentes da IPB, o Rev. Boaneges Ribeiro.
Foto 1: Túmulo do Rev. Boaneges Ribeiro.
Foto 2: Túmulo do Rev. Ashbel Green Simonton, fundador da IPB.
Foto 3: Em frente do Cemitério dos Protestantes em São Paulo. Vê-se da esquerda para a direita: Rev. Marcos, Prof. Calebe e o Rev. José Ernando.

4. A última parada da viagem foi o Rio de Janeiro, que como já disse Gilberto Gil, na sua música “Aquele abraço”, continua lindo. Mais por falar em beleza, fiquei maravilhado mesmo foi com a Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro. Fiquei, juntamente com o meu companheiro de viagem, o Rev. Reginaldo Pinho Borges, hospedado no Hotel Íbis, ao lado da catedral. A vista é fantástica. A beleza da catedral é ímpar. A influência que esta igreja exerce na cidade do Rio é muito grande e pode ser vista até nos táxis que fazem parte da praça ao lado dela. No Rio fomos recebidos com galhardia pelo Rev. Guilhermino Cunha, participamos do culto no domingo pela manhã e na segunda-feira de um café da manhã para os mais de dez funcionários da catedral de seus pastores, onde tive a oportunidade de expor um texto da Palavra de Deus. As fotos e a filmagem falam mais alto do que as minhas palavras.

Foto 1: Rev. Guilhermino Cunha, Rev. Reginaldo Pinho Borges, Rev. Marcos André e Rev. Izaías, momento antes do primeiro culto do domingo, dia 29 de março.
Foto 2: Facahada da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro.
Foto 3: Monumento ao Pregador, retratando o Rev. Matatias, idealizador e construtor da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro. Durante todo o dia, hinos são tocados e mensagens transmitida através de alto falantes na praça Silva Jardim, onde está a catedral.

Foto 1: Interior da catedral no momento do segundo culto do domingo 29 de março.
Foto 2: Monumento escultório em homenagem a primeira celebração da Santa Ceia das américas, há 450 anos atrás.
Foto 3: Táxi com logomarca da catedral, mostrando a influência da igreja na cidade.

Por último, um pequeno vídeo amador, apresentando a beleza da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro, e sua magnífica iluminação. Vale a pena conferir.

video

LinkWithin